16 de nov de 2008

Eu casei...

Calma meninas... ainda não foi desta vez, o “casei” é apenas para retratar o assuntinho de hoje.
Há um tempo atrás, recebi em minha casa um envelope pequeno uma gracinha de papel etudo, e qual não foi minha surpresa quando vi que se tratava de um informativo de “participação” do casamento de uma irmã de uma colega. Achei super bacana eu ter sido lembrada, pois o casamento foi na Italia, e provavelmente não teve uma cerimônia religiosa e festa, etc. Mas fiquei com aquilo na cabeça e fuçando na internet vi que realmente a etiqueta diz para mandar cartões de participação em alguns casos.

Uma série de razões podem impedi-lo de convidar para seu casamento ou para a recepção todas as pessoas que você gostaria de chamar. A cerimônia, por exemplo, pode vir a ser realizada no exterior ou em outra cidade, o casal preferiu optar por um casamento mais simples, ou será apenas no civil. Nesses casos, no lugar de um convite de casamento, deve-se enviar um cartão de participação. Neste cartão não pode faltar a data do casamento e o endereço da nova residência. A Participação de Casamento deve ser feita após a comemoração com a família e a viagem de lua-de-mel, se vocês tiverem feito.

Não sei se no caso de ter a recepção, se fica deselegante enviar tal informativo. Quer dizer, minha família é de uma cidadezinha pequena e conhece muita gente, mas vamos ser realistas, se eu tivesse que convidar todo mundo haja dinheiro para a festa. Então eu pensei em mandra fazer tais cartõezinhos em uma gráfica e enviar para aquela amiga da minha mãe, aquele conhecido, aquele visinho que me viu nascer, mas que não tem nada a ver eu convidar para o casamento, etc. Eu acho chato convidar para a cerimonia e não enviar convite para a recepção (apesar também de achar super compreensivo, se a pessoa não foi convidada é porque ela não é tão intima dos noivos, nada mais normal né), mas voltando o assunto, acho que se essas pessoas de fora recebecem tal cartão seria uma maneira de comunicar o casamento de fulano e convidar para uma visita a nova residencia (apesar de que, convenhamos, a pessoa que não foi no seu casamento não vai ser tão intima para uma visitinha e tals... mas a etiqueta diz que devemos informar o endereçoo da nova residencia).

Bem, fica ai a dica para aquelas que como eu, tem 10000 pessoas para convidar e pouca grana. Pelo menos não vai ter aquela situação chata da pessoa lhe encontrar na rua perguntando se você casou e você ter que ficar sem graça de informar e tals.
Segue abaixo um modelinho que eu achei na internet para quem quiser copiar. Por favor, façam a impressão como se fosse convite, nada de papel A4 branco.


Um comentário:

Tamara disse...

Olá!
Mais uma que aprendi! Mas, só irei fazer os convites e talvez o save the date.
Beijos e boa semana

Tamara